Página Inicial

 

 
PET'S SHOP
FAÇA SUA LOJA
PET ID
ADOTE UM PET
ACHADOS  PERDIDOS
PET MATRIMONIAL
PET TRAVEL
EVENTOS
CLUBE PETFRIENDS
PET'S E FAMOSOS
EXÓTICOS CURIOSOS
CONTOS  HISTORIAS
OPINIÕES PET'S
CAMPEÕES 
TV PET FRIENDS
ENCONTROS
ASTROLOGIA
CONSULTA ON-LINE
MUNDO VETERINÁRIO
FÓRUM
ONDE ESTAMOS
CHAT VET
FAÇA SEU SITE
CÃES
GATOS
PEIXES
AVES
RÉPTEIS
OUTROS
POSTAIS ON-LINE
JOGOS
PET'S FAMOSOS
PARA COLORIR

Um cão alegre, interessado, afetivo e sempre disposto a agradar

Os English Toy Spaniel da época do Rei Charles II, conhecido como o próprio nome diz "King Charles", possuem quatro variações segundo cor e tipo de pelagem. São elas: "Black and Tan" (Preto e Dourado), "Prince Charles", "Ruby" e o "Bleinheim".

A pelagem é profusa, longa, bem franjada nas orelhas, corpo, peito, membros e pés. O pêlo é liso ou levemente ondulado e sedoso. Na variedade Black and Tan e Prince Charles a pelagem é mais longa e na Ruby e Bleinheim menos.

O King Charles é um cão alegre, interessado, afetivo e sempre disposto a agradar. São a companhia ideal para idosos pois adoram passar horas no colo.

A cor do "Black and Tan" como o nome diz é preto e dourado, do "Prince Charles Spaniel" é tricolor (fundo branco com marcações pretas e algo de dourado), o "Ruby" inteiro castanho avermelhado (mogno) e o "Bleinheim" é bicolor fundo branco pérola com marcações em castanho.

A aparência geral é de um cão de pequeno porte, compacto, quadrado, de comportamento alegre e afetivo. A característica mais importante da raça é a cabeça arredondada com focinho curto e olhos escuros..

Origem e História

Na História da Humanidade é fato comprovado que o fluxo civilizatório ocorreu do Oriente para o Ocidente, sendo também natural que as mais antigas raças de cães tenham suas origens nos países orientais, como é o caso do King Charles Spaniel, conhecido nos EUA e Canadá como English Toy Spaniel.

A hipótese de a raça ter aparecido durante o reinado de Charles II no século XVII não é uma realidade, já que eles comprovadamente eram conhecidos na Inglaterra e Escócia mais de 100 anos antes. Na verdade a raça teria se originado no Japão e talvez China em tempos bem remotos e mais tarde os primeiros exemplares foram levados para a Espanha e depois para a Inglaterra.

Alguns dizem que a austera Rainha Elizabeth teria sido uma apreciadora da raça, mas o mais certo é que a Rainha Maria da Escócia, que passou seus primeiros anos na França durante o começo do século XVI, na sua volta à Escócia já como Rainha, tenha levado espécimes da raça com ela e foram seus favoritos até a época de sua execução.

O mais provável é que Cockers vermelhos-e-brancos e pretos-e-brancos tenham vindo da China para a Itália durante os séculos XV e XVI e que tenham sido cruzados com outros Cockers e Springers, intensificando os instintos esportivos que esses pequenos Spaniels possuem até hoje. Independentemente das antigas histórias sobre a raça, parece certo que os muitos espécimes de hoje tenham chegado aos padrões atuais devido ao cruzamento com vários pequenos Spaniels da Inglaterra.

Copyright© 2003 PetFriends. Todos direitos reservados. All rights reserved
1