Página Inicial

 

 
PET'S SHOP
FAÇA SUA LOJA
PET ID
ADOTE UM PET
ACHADOS  PERDIDOS
PET MATRIMONIAL
PET TRAVEL
EVENTOS
CLUBE PETFRIENDS
PET'S E FAMOSOS
EXÓTICOS CURIOSOS
CONTOS  HISTORIAS
OPINIÕES PET'S
CAMPEÕES 
TV PET FRIENDS
ENCONTROS
ASTROLOGIA
CONSULTA ON-LINE
MUNDO VETERINÁRIO
FÓRUM
ONDE ESTAMOS
CHAT VET
FAÇA SEU SITE
CÃES
GATOS
PEIXES
AVES
RÉPTEIS
OUTROS
POSTAIS ON-LINE
JOGOS
PET'S FAMOSOS
PARA COLORIR

Um cão tímido mas uma companhia amigável

O Galgo Espanhol é de certa maneira tímido e geralmente independente. Apesar de ser uma companhia amigável, ele é um cão distante. Eles necessitam de muito espaço para se exercitarem e às vezes tendem ser meio mau-humorados.

A pelagem é diferente nas duas variedades existentes: a de pêlo curto e a de pêlo semi-longo. 
Na variedade de pêlo curto o pêlo é denso, curto, muito fino e reto.
Na variedade de pêlo semi-longo, o pêlo é bem duro, com o comprimento que pode variar e com tendência a formar barba e sobrancelhas.

A cor pode ser qualquer uma, sendo que as mais típicas são: castanho-claro rajado com tons mais escuros; preto, pintado em tons de preto, canela, amarelo, vermelho e branco.

Na aparência geral o Galgo Espanhol é um cão de grande porte, de boa estrutura óssea, cabeça longa e estreita, com ampla capacidade toráxica, barriga bem cavada e cauda bem longa portada baixa e garupa muito musculada. As orelhas são pequenas e voltadas para trás.

HISTÓRIA

O Galgo Espanhol já era conhecido pelos Romanos desde a antiguidade, apesar de existirem indícios de que sua chegada e fixação na Península Ibérica esteja datada de muito antes desse período.

Eles são descendentes dos antigos Galgos Asiáticos e adaptaram-se aos diferentes tipos de terrenos da região. Foram exportados em grande quantidade para outros países, como Irlanda e Inglaterra durante os séculos XVI, XVII e XVIII. O Galgo Espanhol é um dos ancestrais do English Greyhound (Galgo Inglês).
Os Celtas habitavam a Península Ibérica seis séculos antes de Cristo. Eram apreciadores de bons cães e adquiriram dos mercadores fenícios animais que caçavam com a visão. É provável que outros cães do tipo lebrel vindos da África tenham sido introduzidos na Espanha pelos Mouros durante o século VIII.

Depois da Idade Média, o Galgo manteve seu tipo por séculos, especialmente na Andalusia e Castela. Os fazendeiros usavam-nos para guarda e caça de coelhos. A nobreza espanhola também usava esses galgos como rastreadores de animais vivos. Esses, usados em caçadas, são os que mantiveram a pureza do tipo.


Copyright© 2003 PetFriends. Todos direitos reservados. All rights reserved