Página Inicial

 

 
PET'S SHOP
FAÇA SUA LOJA
PET ID
ADOTE UM PET
ACHADOS  PERDIDOS
PET MATRIMONIAL
PET TRAVEL
EVENTOS
CLUBE PETFRIENDS
PET'S E FAMOSOS
EXÓTICOS CURIOSOS
CONTOS  HISTORIAS
OPINIÕES PET'S
CAMPEÕES 
TV PET FRIENDS
ENCONTROS
ASTROLOGIA
CONSULTA ON-LINE
MUNDO VETERINÁRIO
FÓRUM
ONDE ESTAMOS
CHAT VET
FAÇA SEU SITE
CÃES
GATOS
PEIXES
AVES
RÉPTEIS
OUTROS
POSTAIS ON-LINE
JOGOS
PET'S FAMOSOS
PARA COLORIR

Esguio e apegado ao dono este gato descende do Siamês

O termo “Oriental” não significa necessariamente que estes gatos tenhas uma origem exótica, embora certos exemplares descendam, de fato, do Extremo Oriente. Refere-se a um grupo de raças cujos exemplares têm um corpo flexível e esguio, os olhos oblíquos, as orelhas grandes e pontiagudas e o pêlo fino e curto. 

Esta categoria origina-se da raça do Siamês. Os gatos que hoje conhecemos como Siameses são apenas uma pequena parte da raça siamesa original, ainda hoje conhecida na Tailândia. De fato, estes gatos orientais possuem a mesma energia e curiosidade do Siamês, e são companheiros adoráveis. Dócil e esperto este gato encanta pela esperteza e docilidade. De linhas marcadamente esguias, os gatos Orientais possuem uma aparência inegavelmente ágil e delicada.

De excelente disposição, o Oriental está sempre em movimento. Devido à sua estrutura magra, flexível e musculosa, é capaz de pular muito alto e fazer acrobacias dignas de um circense. Esperto, dizem inclusive que devido à sua curiosidade, nada lhe passa desapercebido. É um gato "elétrico", que gosta de se movimentar constantemente e mia com bastante freqüência, produzindo sons diferenciados, uma forma de se comunicar também com seu dono.

Origem e História

A raça Oriental é originária do Egito dos tempos dos faraós. Existem pinturas, esculturas e relevos daquela época que denunciam sua existência. Como todos os gatos que tiveram o privilégio de viver no mundo antigo, o Oriental era considerado um objeto sagrado. Por esse motivo, os sacerdotes e faraós o protegiam com todos seus poderes. Segundo a lenda, esse gato era tido em tão alta conta, que se alguém o matasse, deveria pagar com a própria vida pelo gravíssimo ato.

Após a invasão do Império Egípcio essa raça se espalhou e se misturou com outras, perdendo sua pureza. O Oriental recuperou suas verdadeiras características somente depois de seleções rigorosas.

O gato Oriental é muito parecido com o Siamês. Aliás, os dois estão classificados dentro do mesmo grupo e possuem praticamente o mesmo padrão oficial. Com exceção da cor dos olhos - que no Oriental é verde e no Siamês azul, bem como a coloração da pelagem, e ainda pequenos detalhes, como a cauda que no Siamês é mais grossa na base do que a do Oriental, - as diferenças entre as duas raças são mínimas, sendo imperceptíveis até mesmo a muitos criadores.

Começou-se a criar-se o Oriental na metade da década de 1970, nos EUA. Dez anos antes, na Inglaterra, a mesma raça já era conhecida com o nome de Foreign Shorthair (Estrangeiro de Pêlo Curto). Na Inglaterra dos anos 20, esses robustos Siameses, de cor uniforme e não pointed, foram excluídos da raça siamesa, tendo sido denominado de Foreign (termo inglês para designar o origem estrangeira) pelos seus criadores. Tanto nos EUA como na Inglaterra, os Siameses acasalaram-se com outros gatos de pêlo curto para produzirem um tipo elegante de Foreign, sem malhas nas pontas. O reconhecimento oficial foi concedido no final da década de 1960.

Oriental é extremamente apegado ao dono e mais dócil até que o seu ancestral, o Siamês. Adapta-se facilmente a diferentes ambientes. Dependente, costuma se apegar mais a uma pessoa em especial. Gosta da rotina diária do lar, de receber atenção e as brincadeiras o deixam feliz. Aprende hábitos de higiene com facilidade. Aceita bem a presença de outros gatos e animais.

Referem-se a cada cor como uma raça individual. As cores são agrupadas em classes: solid (uniforme), shaded (sombreado), smoke (fumê), tabby e particolour. Os exemplares de Oriental são gatos arredondados e corpulentos. Elegantes, apresentam a constituição física do Siamês. Devem ter a cabeça em forma de um triângulo perfeito, larga na altura dos olhos e menor na ponta, na direção do queixo, com contornos delicados. Os olhos são oblíquos, em forma de amêndoas, inclinados em direção ao nariz. As orelhas devem ser grandes e pontiagudas.

Normalmente, o Oriental é um gato pacífico e calmo. Entretanto, se alguma coisa não vai bem e ele fica perturbado, nervoso ou assustado, logo eriça seus pêlos e solta grunhidos selvagens.  

 

 

inicio l quem somos l cadastre-se l contato
Copyright© 2000 PetFriends. Todos direitos reservados. All rights reserved
1